Av. Manoel da Costa Lima, 2172 - Piratininga - Campo Grande / MS

(67) 3201-5232 / 99329-9994 / 99249-5130

ampliar

Essa pandemia do Coronavírus bagunçou e muito os lançamentos deste ano. A Nova Linha 650R da Honda foi mostrada pela primeira vez no Salão Duas Rodas de 2019 e tinha lançamento marcado para a semana de 15 de março. Mas foi bem na época que o país começou a parar e o evento foi cancelado. Assim, somente hoje, aconteceu uma Live para apresentar oficialmente as novas CB Four da Honda: a CB 650R e CBR 650R. Nossa opinião sobre elas você confere  no vídeo que está no fim do texto.

Clique aqui e confira a galeria de fotos das duas motos.

Elas duas são a porta de entrada na Honda para o mundo das motos de 4 cilindros, com ronco característico e conhecido desde os anos 1970 no Brasil.  Elementos em comum a estas duas Honda 650 são motor e chassi. O tetracilindro DOHC arrefecido a líquido é dotado de câmbio de seis marchas com embreagem assistida, deslizante e sistema HSTC - Honda Selectable Torque Control. A atualização técnica do motor que equipa as duas novidades teve por objetivo oferecer desempenho mais esportivo aos modelos. Deste modo, o motor DOHC de 16 válvulas e exatos 649 cm3 recebeu alterações que visaram aumentar a entrega de potência em médias rotações. A potência máxima é de 88,4 cv à 11.500 rpm o torque é de 6,13 kgm.f a 8.000 rpm. O chassi tubular de aço segue a arquitetura tipo Diamond, com a zona da fixação do eixo da balança realizada em aço estampado e não mais em aço forjado, o que resultou em uma economia de peso de 1,9 kg se comparado com o chassi da "F.

Iluminação Full-LED, painel Black out bem completo e indicador de marchas também estão presentes nas duas, assim como a inédita suspensão invertida, a frenagem com cálipers radiais e as rodas aliviadas.

Naked

Inspirada no conceito Neo Sports Café, inaugurado no Brasil pelo modelo CB 1000R, a nova representante da linha CB mescla design minimalista com a agressividade típica das café racer, fator explicitado pela substituição do sufixo "F" pelo "R", que desde sempre designa as Honda de verdadeira inspiração esportiva. Disponível nas cores azul perolizado, vermelho e prata metálico, a naked CB 650R tem preço público sugerido de R$ 39.416,00, base estado de São Paulo, não inclusos despesas de frete e seguro.

A CB 650R explora o conceito Neo Sports Café através de proporções ultra compactas, que exaltam o motor quatro cilindros em linha e conciliam agressividade com elegância. Com peso reduzido em cerca de 4 kg, a nova naked traz uma sofisticada suspensão dianteira tipo invertido, cálipers do freio dianteiro com fixação radial e rodas ainda mais leves.

A posição de pilotagem permite um posicionamento agressivo graças ao guidão de alumínio cônico e pedaleiras levemente recuadas. A iluminação Full-LED destaca o novo grupo ótico dianteiro, circular, elemento característico do estilo Neo Sports Café. O painel de instrumentos é do tipo Black out LCD e inclui indicador de marchas engatadas e luz-alerta "shift-up", que avisa o momento ideal para troca de marchas.

Carenada

Já a CBR 650R 2020 tem nas formas de sua carenagem uma clara identidade com a superesportiva de referência da Honda, a Fireblade. Além disso, a versão esportiva também segue o conceito "Total Control", e mesmo com a troca do "F" pelo "R" no nome segue sendo acessível para usuários de diferentes níveis, satisfazendo desde os mais experientes a novatos que desejam evoluir na pilotagem. Disponível nas cores vermelho e cinza metálico, a CBR 650R tem preço público sugerido de R$ 41.080,00, base estado de São Paulo, não inclusos despesas de frete e seguro.

A esportiva CBR 650R exala a agressividade que se espera de uma genuína herdeira da tradição CBR. A carenagem tem como destaque a parte frontal, composta pelo novo grupo ótico duplo e tomadas de ar, elementos que evidenciam a forte esportividade do modelo. 

O novo banco em dois níveis, a rabeta essencial e os semi-guidões fixados sob a mesa superior, que oferecem posicionamento ideal para pilotagem esportiva, são outros detalhes que deixam clara a intenção de ampliar as capacidades esportivas do modelo.

Segurança e pilotagem

O sistema de controle de tração HSTC - Honda Selectable Torque Control -, se encarrega de conter eventuais perdas de aderência do pneu traseiro em situações de forte aceleração. Tal dispositivo proporciona tranquilidade para a pilotagem em pisos de baixa aderência. Pilotos experientes podem optar pela desativação do controle de tração através de um botão situado no punho esquerdo.

A sigla SFF vem de "Separated Function Fork", que remete à tecnologia que separa as funções entre as bengalas, na qual uma age como amortecedor de dupla ação e outra como mola. A suspensão traseira tem um conjunto mola-amortecedor regulável na pré-carga da mola em sete posições, trabalhando vinculado diretamente a balança de suspensão traseira assimétrica.

A frenagem também evoluiu: o sistema ABS antitravamento atua no par de discos dianteiros tipo flutuante através de cálipers de quatro pistões fixados radialmente. O disco traseiro se vale de cáliper de pinça simples. Novas também são as rodas, mais leves, com cinco raios duplos que calçam pneus de medidas 120/70-ZR17 na dianteira e 180/55-ZR17 na traseira. 

Design

Compacta e agressiva, a CB 650R se caracteriza pela curta rabeta e grupo ótico circular aderente à suspensão e painel de instrumentos. Distingue o estilo Neo Sports Café o longo tanque, de formato musculoso, que praticamente se funde com o poderoso motor de quatro cilindros em linha. A chave de ignição está posicionada na parte frontal do tanque e o painel retangular LCD Black out, em conjunto com o guidão cônico plano, se apresentam como protagonistas indiscutíveis do design marcante desta novíssima naked.

Já a CBR 650R é a esportividade pura em forma de motocicleta. Os faróis duplos com extremidades voltadas para o alto remetem imediatamente à fonte de inspiração de seu design, a superesportiva Fireblade. O tanque se apresenta com formas estudadas para o necessário contato físico que requer a pilotagem esportiva, enquanto o conjunto formado pelo assento em dois níveis e rabeta compacta complementa a silhueta, que valoriza a centralização de massas, qualidade intrínseca de todas motocicletas esportivas.

A posição de pilotagem de ambas foi revista em relação às precedentes "F": na CB 650R, o guidão foi avançado em 13 mm e está 8 mm mais baixo, alterações que foram complementadas pela elevação das pedaleiras em 6 mm e recuo de 3 mm. O resultado é um posicionamento mais esportivo e coerente com a proposta Neo Sports Café. A CBR 650R também recebeu medidas diferentes na posição de pilotagem, com os semi-guidões avançados em 30 mm e posicionados de maneira a permitir ao piloto aproveitar confortavelmente a proteção oferecida pela bolha para-brisa.

Um dispositivo de segurança suplementar equipa a CB 650R e CBR 650R: trata-se do Emergency Stop Signal, que reconhece frenagens de emergência em velocidades superiores a 56 km/h e, através de sensores do módulo do ABS, aciona automaticamente o pisca-alerta.

Garantia, preços e cores

A Honda CB 650R e CBR 650R 2020 tem garantia de três anos, sem limite de quilometragem, além de contar com a cobertura do Honda Assistance (Assistência 24 horas), durante o período que durar a garantia. Os modelos já se encontram à disposição em todas as concessionárias da rede e tem preço público sugerido de R$ 39.416,00 para o modelo CB 650R, nas cores azul perolizado, vermelho e prata metálico. Já a CBR 650R 2020 tem preço público sugerido de R$ 41.080,00, nas cores vermelho e cinza metálico. Os preços tem como base o Estado de São Paulo e não incluem despesas como frente e seguro.

Vale lembrar que aqui só estamos apresentando as motos para vocês. Em breve, teremos mais detalhes das duas e até quem sabe um test ride completo.